(11) 4355-6600 / (11) 97276-0439

Mazurky - Caixas de Papelão Ondulado

Setor de papelão ondulado tem início de ano aquecido

Setor de papelão ondulado tem início de ano aquecido

26 mar
Postado por:
Mazurky

Considerado um termômetro da atividade econômica, por indicar o apetite de compras da indústria de bens de consumo, o segmento de embalagens de papelão ondulado registra bom desempenho neste início de ano. A expectativa do mercado é de que os bons resultados se mantenham, diante da perspectiva de aumento do consumo doméstico no ano, impulsionado pela Copa do Mundo.

Exemplo deste cenário favorável, a fabricante paulista de embalagens de papelão Mazurky registrou resultado acima de suas expectativas no primeiro trimestre. Somente em fevereiro, a empresa obteve alta de 22,32% nas vendas, em relação ao mesmo mês de 2013. Na primeira quinzena de março, o avanço foi de 30%, ante março do ano anterior.

“O resultado surpreendeu, pois havia um clima de pessimismo, mas o mercado se mostrou comprador”, diz o diretor da empresa, Eduardo Mazurkyewistz. Segundo o executivo, o resultado de março contraria a percepção de que o avanço em fevereiro foi resultado de antecipação de compras, diante do reajuste de 12% anunciado pelos fornecedores de papelão no início do ano.

O empresário não acredita que os patamares de crescimento acima de 20% devem se manter ao longo do ano, mas ainda assim mantém uma perspectiva ousada de avanço de 17,5% em 2014. “Minha carteira para abril não está tão boa quanto a de março, mas acredito que vai continuar crescendo, pois temos um evento grande pela frente, que deve agregar consumo”, afirma o executivo.

Em 2013, a empresa registrou avanço de 12%, abaixo da meta de 19%. Com capacidade para produzir 400 toneladas mensais, em unidade em São Bernardo do Campo (SP), a companhia utiliza 70% deste potencial. Após concluir ciclo de investimento de R$ 3 milhões, de 2006 a 2012, projeto de nova fábrica aguarda a definição do cenário político nacional.

Entre as grandes do setor, a Celulose Irani assinou, na última sexta-feira (21), um protocolo de intenções para a expansão de unidade de papel em Santa Luzia (MG). Num investimento total de R$ 220 milhões, o acordo prevê ainda a construção, até 2017, de uma fábrica de embalagens no município, com capacidade para 60 mil toneladas ao ano. “A nova unidade deve concentrar 20% da produção total de embalagem de papelão ondulado da Irani”, afirmou em nota o diretor-presidente, Pericles Druck, que espera com isso ampliar a atuação da companhia no mercado mineiro.

“Para 2014, devemos investir R$ 61 milhões, entre investimentos correntes e a conclusão de aportes iniciados em 2013”, relata o executivo. Se confirmado, o montante será 26% inferior ao investimento de R$ 83 milhões realizado no ano passado. Além da conclusão desses aportes, a empresa espera aprovar e iniciar o investimento em Minas Gerais.

Sem comentar o desempenho no primeiro trimestre, a Irani diz esperar um bom ano em 2014. “Apesar do cenário confuso da economia brasileira, acreditamos na projeção de 3,5% a 4% de crescimento na expedição brasileira de papelão ondulado”, informou a companhia. Após concluir este mês ciclo de reajuste de 12%, a fabricante não tem no momento previsão de novos repasses.

Também na semana passada, a líder brasileira na produção de embalagens de papelão ondulado e papéis para embalagens Klabin lançou a pedra fundamental de sua nova unidade de celulose em Ortigueira (PR). O chamado Projeto Puma, com inauguração prevista para 2016, tem investimento estimado de R$ 5,8 bilhões, excluindo ativos florestais. Do montante, R$ 3,37 bilhões serão financiados pelo BNDES.

“Este é o início de um novo ciclo de crescimento da empresa, que irá dobrar seu volume de produção em três anos”, afirmou por ocasião do lançamento, na quarta-feira (19), o diretor geral da Klabin, Fabio Schvartsman. A capacidade anual da fábrica será de 1,1 milhão de toneladas de celulose de fibra curta e 400 mil toneladas de celulose de fibra longa.

No primeiro bimestre, a venda de papelão ondulado no Brasil cresceu 3,29%, em relação a igual período do ano anterior, para 540,6 mil toneladas, segundo a Associação Brasileira do Papelão Ondulado (ABPO). Além da Copa, a entidade espera que a eleição impulsione o consumo, devido a maiores desembolsos no programa “Minha Casa Melhor”.

0b8458

Veículo: DCI

INFORMAÇÕES

Para obter mais informações sobre os nossos produtos, entre em contato conosco.

LOCALIZAÇÃO

Rua das Orquideas, 475
Vila Marchi - São Bernardo do Campo, SP
CEP: 09810-390

CONTATOS

+ 55 (11) 4509-6008

FALE CONOSCO

Copyright © 2014 – 2017 - Mazurky - Todos os Direitos reservados.

ColetivaWeb